sexta-feira, 3 de novembro de 2006

Rousseau tinha razão


Esta é a menina mais antiga do mundo alguma vez decoberta. Tem mais de três milhões de anos e o seu fóssil foi encontrado na Etiópia. Pertence à mesma espécie da Lucy. Como é querido, sensível, curioso este rosto; como ele indicia o que poderíamos ter sido e não fomos. Conferir o último número da National Geographic (Novembro de 2006)

3 comentários:

sonia disse...

Bom fim de semana Bhxima. Beijinho.

amadis / pintoribeiro disse...

Bonita é. Mais ou menos....

Anónimo disse...

Vou comprar...o seu conteúdo, para além da repostagem da capa, deve ser muito innteressante.