sexta-feira, 5 de janeiro de 2007

Fios que se ligam



Jan Garbarek é um músico norueguês que cruza, como ninguém, o jazz, a world music e o estilo clássico. Esta composição é o resultado do seu trabalho com um músico islâmico paquistanês, Ustad Fateh Ali Khan. O que é engraçado (para lá da força musical da composição) é que este cruzamento entre o Ocidente e o Islão se dá sob o signo da Índia ("Flavour of India")... Lembro-me de um dia entrar na Livraria Barata e ouvir como música de fundo o início dos Ritos de Garbarek que ainda não conhecia. Ainda tendo um "colapso" de entusiasmo e de alegria...

3 comentários:

yoda disse...

Muito bom. Confesso que de Jan Garbarek só ouvi uma ou outra coisa. Mas há também, na fusão de estilos (oriental-ocidental), o libanês Rabih Abou-Khalil.

pimpinela disse...

e é assim que um saxofonista se transforma em encantador de serpentes! .)

Carocha disse...

É magnífico!