domingo, 29 de abril de 2007

Concerto para violoncelo de Haydn



Se tiver dificuldades em ver ou ouvir, clique AQUI.
Excerto do concerto para violoncelo de Haydn, interpretado por Rostropovich.
Descobri finalmente a razão (cf. post anterior) pela qual Matisse coloca uma partitura de Haydn em cima do piano. A razão prende-se com o nome do instrumento musical, isto é, do piano. Pleyel não é apenas o nome de uma marca muito célebre de pianos - que encantava, por exemplo, Chopin. Pleyel foi um músico de origem austríaca, discípulo dilecto de Haydn. No final da sua vida dedicou-se à construção de pianos. Actualmente ninguém o conhece como músico, mas, na sua época, só Haydn rivalizava com ele.
Como é evidente, este post é também a minha forma de poder homenagear Rostropovich, não só pela sua qualidade excepcional como intérprete musical, mas também pela sua coragem política em defesa dos direitos humanos.

2 comentários:

hfm disse...

Aprendendo sempre - aqui.

Paragem breve disse...

Absolutamente de acordo com a Helena :)Bom feriado!