quarta-feira, 30 de julho de 2008

Mestres Cantores Online



Bayreuth, no passado Domingo, fez história. Entre as 14h50 e as 21h50 (7 horas seguidas...), tive oportunidade de visionar, via internet, em grande ecrã, a obra de Wagner, Os Mestres Cantores de Nuremberga (Die Meistersingers von Nürnberg), na versão de Katharina Wagner (fotografia, em cima, à esquerda). A transmissão correu optimamente do ponto de vista técnico: sem interrupções, com boa qualidade de imagem e de som. Um exemplo a seguir... Esta obra de maturidade do compositor alemão é particularmente interessante: reflecte sobre a natureza da arte no interior de uma obra de arte (o que torna uma das obras precursoras da estética modernista); ensina literalmente como é possível criar uma obra autenticamente artística; mostra o papel crucial do mestre, ao mesmo tempo que critica as regras estereotipadas de todas as academias. É igualmente uma obra que reflecte sobre o amor e os dramas da velhice (em particular a relação entre Hans Sachs e Eva). A versão de Katharina Wagner é bastante ousada, mas feliz (pelo menos, não deixa ninguém indiferente). A vaia monumental que recebe sempre no final dos espectáculos reflecte mais os conflitos de poder sobre quem herdará o Festival do que propriamente a qualidade da produção (quanto muito pode haver um juízo moral conservador sobre certas cenas como, por exemplo, um nu masculino frontal). Em termos líricos, destacaram-se as vozes de Klaus Florian Vogt (interpretando Walther von Stolzing) e Michaelle Volle (interpretando Beckmesser). O mesmo não se pode dizer do cantor Franz Hawlata (interpretando Hans Sachs). Falta-lhe potência na voz, embora em termos dramáticos tenha estado muito bem. Esta versão vai estar online até ao dia 2 de Agosto.





Não foi só na internet que o festival "abriu as portas". O espectáculo foi apresentado em grandes ecrãs para milhares de pessoas que não tiveram acesso à sala.

1 comentário:

Marta disse...

Passei só para deixar um beijinho :)