segunda-feira, 11 de abril de 2005



Dancer in the Dark, o filme de Lars von Trier com Björk, já tem cinco anos. Como se fosse ontem...

"I've seen it all
I have seen the trees
I have seen the willow leaves
Dancing in the breeze
...
I've seen it all
I've seen the dark
I've seen the brightness
In one little spark
I've seen what I chose
And I've seen what I need
And that is enough
To want more would be greed
I've seen what I was
And I know what I'll be
I've seen it all
There is no more to see" Posted by Hello

2 comentários:

MRF disse...

Quando o vi tinha sido mamã há poucos meses pelo que, por motivos hormonais e outros :-) o filme me "bateu" forte. Depois o slow motion e a música (fiquei fã da Björk) deixou-me a levitar. As coreografias (na fábrica++, na linha de combóio), a personagem (na linha de Ondas de Paixão, fragilidade&força),..., um universo único!

M.N. disse...

L.von Thrier sempre fica por uns dias quando "trocamos olhares"...e
este foi um desses momentos de intensa aprendizagem,onde a tragédia, a beleza mais terna ainda na voz mítica e alada da inquieta Bjork me deixaram VER pela primeira vez com o coração o que eu já sabia de cor pelo olhar:
A PENA DE MORTE é um desses "pecados" pelos quais todos 1 dia teremos de responder antes de adormecer...