sábado, 21 de julho de 2007

Santo Guinefort


Guinefort é o nome de um célebre cão que viveu na Idade Média (século XIII) em França. O dono deixou-o com o seu filho que ainda era bebé. Quando regressou a casa deparou-se com um espectáculo assustador: o quarto da criança em reboliço e o cão com marcas de luta. Julgando que Guinefort tinha morto o filho, o dono matou-o. Pouco depois apercebeu-se que a criança estava viva, mas que tinha perto de si uma víbora morta. Guinefort tinha sido envenenado ao defender o bebé de um ataque do réptil. A partir desse momento tornou-se um Santo e foi objecto de culto. Não foi um caso único. No País de Gales eram comuns santuários cristãos dedicados a cães. Santo António dava a comunhão ao seu cavalo enquanto São Francisco de Assis pregava aos corvos e amava os lobos. Como não tenho nenhuma imagem do Santo Guinefort, deixo-vos aqui a fotografia do meu cão.

3 comentários:

Van Dog disse...

Uauff para ti!
(bela história.)

Maísha disse...

:-) que olhos!

Gabriel disse...

Quais as provas das afirmações relativas a Santo António e São Francisco de Assis?