domingo, 9 de janeiro de 2005

O Dia da Papoila

Nestes dias invernosos, mas plenos de Sol, lembremo-nos do Verão de São Martinho. No dia 11 de Novembro, é habitual comemorar-se o dia desse santo. A lenda é conhecida: num dia chuvoso e frio, um soldado húngaro (Martinho) compadece-se de um pedinte e com a espada rasga o seu manto em duas partes, oferecendo uma delas a quem tanto dela precisava. Conta a lenda que o Sol brilhou nesse momento e se pôs um dia de Verão inusitado. Mas, no dia 11 de Novembro, comemora-se igualmente o "Remembrance Day", o dia em que terminou a primeira guerra mundial. O armistício foi assinado às 5 horas da manhã entre os aliados e os alemães, mas só às 11 horas os tiros terminaram. E, assim, no dia 11 do décimo primeiro mês, pelas 11 horas, comemora-se o final do primeiro conflito mundial. Na grande maioria dos países de língua inglesa (mas também em França, na Bélgica e no Canadá), este dia (ou o Domingo mais próximo) é celebrado com dois minutos de silêncio após aquela hora simbólica. Faz igualmente parte da tradição, as pessoas usarem à lapela uma papoila, na base da crença segundo a qual os campos de morte da Flandres se encheram de papoilas após o cessar das hostilidades.

1 comentário:

MRF disse...

O teu post é bt interessante, raramente falamos em Portugal da I ou II Guerra Mundial. O dia 8 de Maio (fim da II GM) é feriado em muitos países. Nós quase não o mencionamos!